Our Blog

Nesta quinta-feira (14 de junho), o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em parceria com Ministério de Ciência, Tecnologia e Comunicação (MCTIC) lançaram uma chamada para selecionar os melhores projetos-pilotos de Internet das Coisas. Para saber mais sobre Internet das Coisas, confira outros artigos do nosso blog que falam sobre esse assunto Internet das Coisas (IoT)

Tudo conectado.

O mercado de IoT no Brasil movimentou 1,35 bilhão de dólares em 2016, tendo maior relevância na indústria automotiva e as verticais de manufatura, de acordo com estudo da Frost & Sullivan. Segundo o estudo financiado pelo próprio BNDES chamado “Internet das Coisas: um plano de ação para o Brasil”, estima-se uma movimentação de US$ 132 bilhões na economia brasileira por meio de iniciativas de Internet das Coisas até 2025. O objetivo das instituições é escolher as iniciativas mais promissoras de integração e avaliação de soluções de Internet das Coisas focada nas áreas da saúde, rural e cidades inteligentes. Em relação às cidades, os projetos vão focar em redução de desperdícios, iluminação pública, aumento da capacidade de vigilância e monitoramento e aumento da atratividade de transportes públicos. Já no ambiente rural, os objetivos são o uso eficiente de maquinário e dos recursos naturais e em segurança sanitária e bem-estar dos animais. E na área de saúde, o objetivo é voltado para o monitoramento de pacientes, ativos e insumos e diagnóstico descentralizado.  

Internet das Coisas: todos os seus aparelhos conectados.

Ao todo, serão disponibilizados 20 milhões de reais em recursos não-reembolsáveis para incentivar os projetos para essas áreas. Instituições tecnológicas públicas e privadas sem fins lucrativos terão até o dia 31 de agosto para entregar alguma proposta ao BNDES, que, caso aprovar uma determinada proposta, bancará até 50% do custo da iniciativa. Essas iniciativas propostas nos projetos-pilotos terão sua tecnologia testadas em plataformas de experimentação e em ambientes reais. Segundo o ministro Gilberto Kassab: “É este apoio que possibilitará o cumprimento dos nossos objetivos, que é preparar o Brasil para que nós possamos acompanhar os outros países em relação ao desenvolvimento tecnológico, e cumprir com os nossos objetivos que é o de preparar o Brasil para que possa atingir a plenitude no mesmo momento que os outros países. Cada vez mais o Brasil se iguala aos outros países nos avanços tecnológicos”. O Banco informou que também avalia, junto do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, o lançamento de uma futura chamada voltada ao ambiente industrial, ajudando no desenvolvimento da indústria 4.0 no país. Deixe um comentário falando o que você achou dessa ação.

Comments ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *

    This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.